Causas orgânicas da disfunção erétil

O diagnóstico por ultrassonografia é usado para identificar as causas orgânicas da disfunção erétil. Quando isso ocorre, a análise do fluxo sangüíneo nos tecidos do pênis e o tamanho do fluxo venoso. O pênis é examinado para distúrbios da microcirculação em seus vasos e tecidos. Depois de pesquisar um pênis não ereto, um estimulador especial é introduzido no corpo, causando uma ereção. Além disso, sob o ultra-som eles observam como os vasos se dilatam, medem a pressão sanguínea neles. Depois disso, os resultados obtidos são comparados com aqueles obtidos em repouso e, com base nisso, concluímos.

Teste de terminações nervosas no pênis (teste de disfunção erétil) Para detectar a disfunção das terminações nervosas do pênis, um reflexo específico é testado . Clicar na cabeça do pênis deve causar uma contração instantânea do ânus. Nesse caso, o médico, neste momento, pode palpar a abertura com um dedo, verificando a reação das terminações nervosas. Se alguma violação foi identificada durante este procedimento, o médico pode pedir exames adicionais para verificar o trabalho do nervo .

Registro de ereções noturnas

Durante a noite, os homens podem experimentar de quatro a seis ereções . Especialmente isso ocorre na fase do sono profundo. Para estudar esta área usando um sensor especial . É anexado a um membro e gravado ereções noturnas. Se a sua ausência é detectada, isso indica um problema com a circulação sanguínea do pênis ou problemas com suas terminações nervosas.

Como tratar a disfunção erétil (métodos) Os métodos modernos de tratamento da disfunção erétil em homens alcançaram altitudes muito altas. Em quase todos os casos, o paciente pode ser ajudado . Primeiro de tudo, é necessário realizar um diagnóstico completo e, tendo em conta as características individuais, para determinar o melhor, certo para você, método de tratamento.